Na segunda feira (31/07) foi empossada para o mandato de 4 anos a nova diretoria do Sindicato dos Eletricitários de Ipaussu, Ourinhos e Região. A sessão solene contou com a presença de todos os diretores eleitos e o presidente do pleito Jurandir Alves Lopes, Madureira, onde os dirigentes foram diplomados e empossados em seus cargos.

O presidente eleito para mais um mandato, André Paladino ressaltou que a ação da diretoria será norteada pela defesa dos direitos e organização da categoria, por uma gestão transparente e democrática, e ampliando com a participação da categoria nos movimentos sociais. Paladino disse ainda que cada diretor tem o dever de zelar pela entidade e ouvir os trabalhadores, que esperam no sindicato um guardião dos seus direitos e interesses, “acabamos de passar por uma reforma trabalhista que altera como nunca as relações trabalhistas, e isto nos coloca em um patamar nunca antes visto, a união dos eletricitários vai ser essencial se quisermos ter avanços nos nossos direitos, caso contrário será muito difícil encarar o capital”, finalizou.

Madureira, presidente do pleito em seu discurso, apresentou a responsabilidade de cada diretor na atuação do sindicato, para ele, cada dirigente deve ter sua parcela de comprometimento com a entidade, “ este sindicato não é apenas feito pelo presidente, é feito por toda a diretoria, e cada um tem seu papel fundamental, estarem juntos e engajados na luta vai ser decisivo para a vitória nas batalhas que enfrentarão”.

Para o secretário geral do sindicato David Gonçalves, este é um momento importante para o sindicato, pois a partir de agora, e com a inserção de novos diretores, com disposição para atuarem com o sindicato, é a hora de ampliar os associados ”temos que fazer nossa parte, e buscar cada trabalhador, e conscientiza-lo da importância de ser sócio do sindicato, precisamos mais do que nunca unir forças na busca pela manutenção de nossos direitos e benefícios, com a reforma trabalhista há apenas duas opções aos trabalhadores: ter um sindicato que os defenda contra os ataques e abuso dos patrões ou ficarem a mercê da própria sorte e verem seus direitos serem retirados um a um”.

A nova diretoria foi eleita para o mandato de 31/07/2017 a 30/07/2021.

Segunda-feira, 14 de Agosto de 2017
VOLTAR ÀS NOTÍCIAS